A vantagem do WiFi na máquina fotográfica para concertos

Read this article in English

Mal recebi a minha Canon 5DMkIV, desliguei o Wifi.
Pensei de imediato que para mim não teria grande utilidade e que apenas iria servir para gastar mais rapidamente as baterias.
Como divido o meu trabalho entre estúdio e concertos, o WiFi não me parecia muito útil. Em estúdio o cabo USB servia na perfeição para trabalhar com a câmara ligada ao computador; nos concertos o WiFi também não me parecia de grande utilidade.
Mas mesmo assim, um dia, resolvi instalar a aplicação Canon Camera Connect, pelo menos, para saber como funciona.
Rapidamente o WiFI passou a ser uma ferramenta fundamental no meu trabalho, tanto em estúdio como nos concertos.
Se em estúdio a funcionalidade do WiFi parece óbvia, nos concertos e festivais de música pode não ser assim tão óbvia. Assim, resolvi mostrar um pouco o meu workflow em concertos e festivais utilizando o WiFi da Canon 5DMkIV.

Para quê WiFi em Festivais e concertos
Actualmente a imagem e as redes sociais têm uma enorme importância na comunicação de qualquer festival ou concerto. Se até recentemente era importante, para um festival ou artista/Banda, ter boas imagens para ajudar a vender mais bilhetes para o espectáculo seguinte, agora é importante ter imagens disponíveis praticamente no início do festival ou concerto: por um lado, para criar interacção com os seguidores e para, por outro, “combater” as imagens partilhadas pelo público. As imagens conseguidas pelos fãs, independentemente de terem ou não qualidade, fogem ao controlo das bandas e dos promotores, acabando por gerar tráfego fora dos canais do Festival ou do Artista/Banda.
Por isso, por vezes, quando trabalho como fotógrafo oficial de alguns festivais ou de algum Artista/Banda, é-me pedido para enviar uma ou duas imagens logo no início.
Para fazer isso só tinha duas opções: fazer as primeiras imagens, sair do pit e ir ao computador descarregar as imagens, editar e enviar para o responsável de comunicação, – o que significa perder muito tempo do espectáculo e, se o computador não estiver perto, perder a oportunidade de voltar ao pit; ou a outra solução seria ter um assistente à espera para levar o cartão, descarregar as imagens, editar e enviar enquanto eu continuo a fotografar – o que também não é a melhor opção porque seria mais uma pessoa a entrar no pit, mais uma pessoa a quem teria de ser pago um cachet e eu não teria controle sobre a escolha da imagem nem sobre a sua edição.
Com o Wifi na Câmera tudo mudou. Em poucos minutos posso escolher a imagem, editar e enviar para o responsável de comunicação do Festival ou do Artista/Banda, sem ter se sair do Pit.

Como me preparo antes do festival
Quando sei que tenho que enviar imagens logo no início, trato de pedir o logotipo do festival, para a marca de água. Caso seja necessário, preparo o Logotipo para o utilizar da forma mais fácil possível e para tal crio um PNG com o tamanho de 2048px – tamanho com que as imagens são exportados do LightroomCC para telemovel- com o logo num dos cantos, assim não tenho que andar a posicionar o logo no seu lugar, e garanto que ele fica sempre igual em todas as imagens. Também trato de combinar a forma de envio das imagens.
Por email, Whatsapp ou outra qualquer. Seja qual for, preparo tudo no telemóvel, com tempo, para que no dia tudo esteja pronto a funcionar da forma mais rápida possível.
Também levo sempre um PowerBank carregado, para garantir que não fico sem bateria no telemóvel e confirmo que tenho ligação de Internet, seja por Dados ou por WiFi do espaço do Festival/Concerto.

O que preciso ter no Pit para utilizar o WiFi da Máquina
Para enviar as imagens da Canon 5DMkIV para o departamento de comunicação do festival preciso da aplicação Canon Camera Connect. Através desta posso escolher as imagens e descarregá-las no telemóvel, no meu caso utilizo um Huawei Mate10, que me garante autonomia, velocidade e grande qualidade de imagem.
De seguida, preciso de uma aplicação para editar a imagem. Opto pelo Adobe Lightroom CC para telemóvel que chega perfeitamente para uma edição rápida e para reduzir a imagem, para um tamanho  mais rápido de enviar. Por fim, utilizo, quando necessário, outra aplicação para adicionar o logotipo do festival como marca de água -há muitas gratuitas que funcionam perfeitamente. Infelizmente o Lightroom para telemóvel ainda não permite fazer isso.

Como utilizo o WiFi no Pit
Antes de entrar no Pit ligo o WiFi da Canon 5DMkIV e ligo o Telemóvel à rede criada pela câmera.
Depois de fazer as primeiras imagens, vou ao telemóvel e escolho as que pretendo enviar. Faço o download das imagens e abro cada uma delas no Adobe LightroomCC, uns ajustes rápidos no contraste, exposição, cor e salvo em JPEG, com o tamanho de 2048px no lado maior.
Se precisar de adicionar uma marca de agua, abro as imagens na aplicação para marcas de água e adiciono o PNG que fiz antes do festival e que já estava gravado no telemóvel.
Já com as imagens prontas, envio para o responsável de comunicação pela forma combinada.
Enquanto continuo a fotografar a primeira ou segunda música, as imagens já estão a ser partilhadas nas redes sociais do Festival ou do Artista/Banda.

A próxima coisa que pretendo testar com o WiFi é a capacidade de ter outra Canon 5DMkIV montada no palco controlada remotamente com o Canon Camera Connect. Desta forma, posso fazer imagens do palco sem ter que estar no palco e a qualquer momento.

Este artigo esta publicado, em Ingles,  no Blog How to Become a Rock Star Photographer

The Advantage Of The Cameras WiFi Setting For Concert Photography


E também no site DiyPhotography.net

The advantage of camera WiFi when shooting concerts

Pin It


2 comentários a “A vantagem do WiFi na máquina fotográfica para concertos”

  1. Encontrei esse artigo no DiyPhotography.net. Cheguei no seu site pesquisando seu nome, parabéns pelo trabalho você é mais uma referência pra mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!